domingo, 23 de abril de 2017

“SIREN”: Nova série de terror sobre sereias estreia em 2018!

Com clima de terror, a história vai se passar em Bristol Cove, uma cidade costeira conhecida pela lenda de um dia ter abrigado sereias. Quando a chegada de uma garota misteriosa prova que este folclore tem fundo verdadeiro, fica claro que as sereias são predadores que retornam para reclamar seu lugar de direito.




















A prévia foi divulgada durante o Upfront 2018, um evento que apresenta a programação da próxima temporada das emissoras americanas.

A série é estrelada por Alex Roe (“A 5ª Onda”) como Ben, um jovem biólogo marinho que se vê atraído por Ryn, a nova garota misteriosa da cidade, interpretada por Eline Powell.
No elenco também temos Fola Evans-Akingbola (série “Death in Paradise”), Patrick Gallagher (“Uma Noite no Museu 3”) e Rena Owen (“O Último Caçador de Bruxas”).

O curioso da atriz Eline é que ela também viverá uma sereia no filme “Rei Arthur: A Lenda da Espada”, que estreia este ano.

Assista ao trailer :




terça-feira, 18 de abril de 2017

Wishlist - Melhores fotos do mundo em 2016

Essas são as melhores fotos do mundo em 2016, de acordo com a National Geographic




Vocês estão vendo a seleção anual feita pela NG. Conheça alguns dos momentos mais impactantes do ano de 2016. 
A National Geographic apresenta uma incrível viagem através de lugares desconhecidos, acontecimentos devastadores, eventos memoráveis, bem como a beleza do nosso planeta em sua forma mais pura. 
Foram selecionadas 47, mas aqui tem as que mais me tocaram. Fotografias de várias regiões do mundo que nos faz ver de outro ângulo o que nos rodeia. 





segunda-feira, 10 de abril de 2017

Esqueci de avisar que me importo



Não é tua culpa. Sou eu.
Não é culpa de nenhum de vocês, realmente devo ser eu.
Sinto que não tem volta, cada dia que passa as coisas são mais complicadas. O buraco vai ficando mais fundo e escuro. Num surto desses qualquer até acho que tem jeito, mas sinto te informar, esse não é um texto feliz. Então não, não tem jeito. A merda já ta feita, atitudes não são assim descartáveis e palavras ferem.
Tudo tem seu peso. PESE.
Vejo gente feliz e acreditando no amor, e cara, nada disso faz sentido pra mim, não no mundo real. Isso aqui nunca foi um conto de fadas ... e dói tanto dizer isso. É cruel não ter fé, machuca. É frio como uma pessoa má, sem alma. É frio como sempre foi. 
O problema sou eu.
Mas olha, não ache que não tentei. Nossa, foi o que mais fiz, esgotei minhas forças tentando , sorrindo por educação ou vomitando vários "oi estou bem". Mas chega! Mesmo sem acreditar, sem botar tanta fé assim, ninguém merece essa vida medíocre de migalhas.
Não aceite menos do que já te pertence.
Sentir toda a dor não é errado, é ver as coisas como são. A maré ta me levando e não faço a minima ideia pra onde.



Conte sua história - Cherry

'

Vasculhando seu blog encontrei por acaso esse espaço. Deu vontade de escrever.
 Minha história é até um pouco mirabolante, não tem um final feliz ainda pois está em construção, ou seja, ainda não foi totalmente resolvida. Há um ano atrás meu namorado rompeu comigo, entre tantas idas e vindas ao longo de anos, achei que dessa vez não teria volta. Fiz o que muita menina faz, fiquei com o máximo número de caras que eu consegui dentro de uma semana (tempo para retornar o namoro). Entre eles, estava "M". "M" me paquerava há um ano e eu nunca dava bola pra ele, apesar de ser sempre educada ao responder, e também ele tinha namorada. Era só um antigo colega de trabalho. Ele parecia ser boa pessoa, além de bonitinho, mas nunca fez meu tipo, mas eu fiquei com ele porque como qualquer garota imatura queria suprir minha necessidade de dizer que eu não ligava para o meu ex. Mesmo sabendo que não tava sendo uma boa pessoa de ficar com um cara comprometido. Nos encontramos e fomos logo no motel. O sexo foi bem sem graça, eu não gostei mas ele continuou atrás de mim. Como eu não dava a atenção suficiente pra ele, discutimos e ele deixou de falar comigo, assim como também não o procurei mais. Dentro de uma semana, reatei com o namoro. E foi uma boa fase do nosso namoro, vivemos novas experiências que nos fizeram nos unir ainda mais... Dois meses depois, "M" volta a falar comigo. Disse que queria "fazer amor" comigo de novo. nunca foi amor pra mim e mesmo que fosse eu não o queria mais. Ele insistiu, eu continuei firme ao dizer que não. Foi aí que ele partiu para os argumentos. Disse que quando ele ficou comigo ele traiu a namorada e por isso eu deveria trair o meu namorado. Disse até que eu só podia estar rejeitando ele porque estava ficando com outro cara além do meu namorado, um outro amante. Disse tantas coisas absurdas, até começar a falar que ele era muito bom comigo, apesar de eu ser tão ingrata. Foi aí que ele revelou. Ele disse que tinha fotos minhas nuas. E eu achei que fosse blefe, eu nunca mandei nudes pra ele. só acreditei quando ele disse como conseguiu as fotos. Ele disse que quando trabalhávamos juntos, uma vez ele foi usar o computador que eu usava, mas eu tinha deixado o meu Facebook aberto. E ele viu nas conversas que mandei para meu namorado, várias fotos íntimas. Eu fiquei passada, não tava conseguindo acreditar. E ele confirmou me mandando uma foto que eu havia enviado apenas ao meu namorado. Ele estava me chantageando! Eu não sabia o que fazer, mas sabia que ainda que essas fotos vazassem eu não ia ceder à essa chantagem. Conversei com umas amigas, elas me aconselharam a me fazer o que eu já tava pensando mesmo, que era ir à delegacia. Mas eu tinha muito medo que meu namorado descobrisse. Mas tinha mais medo ainda que ele descobrisse antes que eu o contasse, que ele descobrisse por meio de "M". Contei tudo ao meu namorado, fui pedir apoio, afinal, eu não tava errada. E ele poderia me acompanhar à delegacia. Mas aconteceu tudo ao contrário do que eu queria. Ele terminou comigo, disse que não ia me ajudar coisa nenhuma, que se eu quisesse contasse com meus familiares. Eu disse que não queria contar a minha família porque eles não iam compreender. Mesmo assim ele foi com todo gosto contar a minha família o que tinha acontecido, sem minha autorização... Eu fiquei desmoralizada na frente da minha família, fiquei sem namorado, fiquei sem chão. Reprovei matérias na faculdade, quase tive depressão. A única coisa que eu tinha ainda era alguns amigos. Ainda sob tanta pressão não desisti, fui à delegacia. O processo tá rolando até hoje, mas ao menos ele não pode divulgar essas fotos, porque caso haja qualquer coisa ele será preso, segundo o delegado me informou. Alguns dias depois de ir a delegacia, saí de casa porque tive muitas brigas com meu pai que não aceitava o que tinha acontecido. Estou morando de favor na casa de uma parente. Vcs devem achar que eu terminei o namoro, mas eu ainda continuo com o mesmo cara. Ele foi um fdp sim, eu fiquei com muita raiva na época, mas depois ele se arrependeu, eu entendo que ele fez isso pelo fervor do momento, não foi fácil absorver isso. Ele me pediu desculpas e me ajudou a me acompanhar nos depoimentos à delegacia, quando toda família me virou as costas. Ele também continua namorando comigo mesmo os pais dele sendo contra depois da história que aconteceu. isso pra mim foi uma prova de que ele realmente se arrependeu e que gosta de mim, pois ele mal fica com a família para poder ficar comigo, já que eu não posso mais ir na casa dele. Inclusive planejamos ir morarmos juntos para poder não termos interferências das nossas famílias. Nesse tempo todo ainda não fomos por falta de dinheiro, mas as coisas estão se resolvendo e se tudo der certo, próximo mês conseguiremos. Também estou aos poucos retomando a faculdade e estou fazendo psicoterapia. Bom, é essa minha história, quando puder mandarei mais. Espero que seja boa o suficiente para ser publicada. Caso seja publicada, avisarei aqui mesmo quando eu conseguir resolver tudo na minha vida <3 "

Cherry 06/05/2016 00:00:03

segunda-feira, 3 de abril de 2017

The Monster Project - O poder de sua própria imaginação

















Crianças desenham monstros, em seguida, artistas de todo o mundo recriam em seus próprios estilos! A ideia do projeto é ajudar as crianças a reconhecer o poder de sua própria imaginação e incentivá-los a perseguir seu potencial criativo. 

The Monster Project, que tem como fundamento, influenciar crianças a trabalharem seu lado criativo, e fazê-las enxergarem que até mesmo em alguns poucos e pobres traços, pode haver uma beleza abstrata que está oculta! Confira alguns trabalhos, é tudo tão lindo e mágico .




Quando perguntado o por quê do projeto, eles, os próprios artistas respondem o seguinte : 
"Com uma ênfase decrescente nas artes nas escolas, muitas crianças não têm a oportunidade de exploração criativa que merecem. Essa é uma tendência monstruosa que gostaríamos de destruir. Como artistas nós mesmos, nós compreendemos como importante que a exposição criativa inicial é e como pode verdadeiramente alterar a forma do futuro de uma criança.
Ao colaborar com os alunos e encontrar inspiração de suas imaginações, esperamos ajudá-los a reconhecer o valor de suas idéias e fazê-los se sentir animado com o potencial de suas próprias mentes. A criatividade vem em muitas formas, e esperamos encorajar sua exploração de suas próprias percepções únicas do mundo que compartilhamos. E, enquanto estamos nisso, queremos apresentar-lhes a noção de arte como um caminho de carreira legítimo.
Temos de admitir, isso não é apenas para as crianças. Que oportunidade refrescante é oferecer um vislumbre na cabeça de outra pessoa - especialmente os pensamentos fantasticamente bizarros e desobstruídos de uma criança. É uma oportunidade incrível."







A morte lhe cai bem - O Filme


Lançado em 1992 , essa comédia de humor negro é a prova de que o que é bom não envelhece. Arte é arte! 
Com um elenco incrível o filme é perfeito, elenco sensacional, enredo que prende a atenção mesmo a quem já assistiu, pois as cenas são hilárias. SURREAL, porém divertidíssimo e delicioso. Lembro que assisti sem querer passando de canal na tv aberta quando criança e nunca mais esqueci. Assisti ele novamente esses dias porque um amigo conseguiu lembrar o nome do bendito filme que anos "pelejava" pra lembrar. 


O filme é uma superprodução da época, ao custo de quase sessenta milhões de dólares, que foi bem nas bilheterias, arrecadando quase três vezes mais o seu custo. Traz o diretor Sidney Pollack em uma participação especial como o médico na sala de emergência – um verdadeiro luxo. Venceu o Oscar e o Bafta de Melhores Efeitos Especiais, apresentando técnicas inovadoras para a época, como as peles digitais utilizadas pelos personagens – o que pode parecer pouco se visto hoje era de uma dificuldade extrema na época – o que não esconde seu sabor de descartável e esquecível.























Esbanja toda a sensualidade de Meryl Streep e Goldie Hawn. E Bruce Willis aproveitando a situação. A interpretação de Bruce Willis me surpreendeu e o duelo final das garotas dá o atestado de que estamos lidando com duas grandes atrizes.





















No filme o canastrão Bruce Willis faz a cara de sempre, prejudicado ainda mais por um bigode tosco; Goldie Hawn faz como poucos uma zumbi com lente de contato emprestada de alguma Drag Queen e Meryl Streep dá o seu show de sempre, interpretando a canastrissima atriz, dondoca e desesperada para não envelhecer. Madeline é uma metáfora as grandes celebridades, que lutam de todas as formas contra a idade e acabam perdendo a noção e bom senso, deformando rosto e corpo tentando lutar contra os efeitos do tempo. Nesse sentido, Meryl, indicada a Melhor Atriz no Globo de Ouro pelo filme, hoje uma senhora e uma das melhores atrizes de todos os tempos, se mantém com aparência saudável, ao passo que sua rival no filme, Goldie Hawn, parece deformada por tanta plástica – o que dá ao filme, ironicamente, um bizarro tom premonitório.


Assistam, quase certo de entrar pra lista dos filmes preferidos de qualquer um ;)


Conte sua história - JUBS E O PRÍNCIPE ENCANTADO (?)


Entao gente, por um acaso acabei achando várias histórias enviadas à mim através do blog, só que nunca cheguei a receber por causa de algum erro no email. Hoje mexendo, finalmente posso posta-las aqui e de alguma forma tentar ajudar ou no mínimo expressar sentimentos, dúvidas, vontades...enfim! Tô muito feliz em saber que vocês confiam em mim e no humor limão pra isso, sério. Muitas não colocaram nem um nome (pode ate ser fictício) ou algum email para que eu posso responder de alguma forma, infelizmente. Masss postarei todas as histórias aqui aos poucos. E outra:vem muita novidade por ai...AGUARDEM <3






"Ultimamente estou procurando qualquer meio que sirva como um desabafo. Encontrei você em uma pesquisa no google sobre makes simples, com uma imagem de dois anos atrás, make colorida e cabelo rosa. E cá estou, escrevendo sobre a minha vida com alguém que descobri existir há exatos 23 minutos. Você não me conhece e não é isso que eu pretendo que aconteça, mas como disse antes, apenas um desabafo. Eu tenho 20 anos e namoro há 1 ano e 5 meses. Bom, digamos que pensei ter encontrado o príncipe, e olha, não estou tão errada. Porque uma coisa que ninguém disse é que o príncipe não possui defeitos, claro que os tem, e sim, muitoos deles, uns grandes que muitas vezes te colocam à prova se realmente vale a pena aceitá-los. Estou passando por uma prova dessas e olha, sinceramente não sei se vou conseguir aceitar e vencer. Estou colocando em prova a validade do meu amor. É pra sempre, enquanto durar. Esse é o problema, o tempo de validade. Não sei se ele é realmente o meu sempre, se é com ele que quero ver sonhos se concretizando, planos saindo do papel e da imaginação, não sei. E não saber é uma cruz que eu carrego todo dia desde o último mês. Se indecisão matasse, vish. Não consigo sentir por ele aquele amor atormentador, que dói de tanta vontade que tem de ser sentido. Não me sinto transbordada, apenas, preenchida. E isso não é o suficiente. Não pra mim que odeia mixaria. Mas, o que fazer com as promessas? Com os sentimentos que vão ficar? Deixar tudo guardado é perigoso e fingir que não existiram um dia é impossível. "

02/08/2014 19:02:51 Jubs